Conheça os mais Belos Tipos de Suculenta e suas Características

Tipos de Suculenta

Conhecer os tipos de suculenta é a melhor maneira de escolher com segurança seu predileto. Assim, você poderá cultivar as suculentas que mais conquistarem o seu coração.

Hoje, veremos alguns dos principais tipos de suculenta para ornamentação. Você poderá cultivá-las em um vaso para suculenta ou jardim de cacto, embelezando sua casa ou escritório.

Vamos lá?

O que são as suculentas

Suculentas são plantas desenvolvidas e adaptadas para o calor e privação de água.

Em sua jornada evolutiva, as suculentas se diferenciaram bastante de outras plantas. A estrutura convencional de tronco, galhos e folhas mostra-se de forma bem diversa.

No processo, as suculentas transformaram seus corpos em reservatórios de água. Justamente por isso são fofinhas, com aspecto viçoso e… suculento. Daí seu nome.

Algumas, inclusive, trocaram suas folhas por espinhos. Os cactos, parte da família das suculentas, são os principais exemplos.

Para conhecer tipos de cactos para decoração interna e externa, clique no link. Preparamos uma matéria especial para você, cheia de conteúdo.

Hoje, focaremos em outros tipos de suculentas não mencionados antes. De forma especial, traremos alternativas para decoração interna, tudo bem?

Passemos, então, a conhecer os tipos de suculenta mais populares. Prepare-se: são tão lindas que dá vontade de ter todas.

Gêneros de Suculenta

Antes de mais nada é necessário saber que existem diversos gêneros de suculentas. A partir dai surgem as variações desses gêneros. Bom, sendo assim, existem cerca de 22 mil espécies dessa charmosas plantinhas.Os mais conhecidos estão os gêneros:

Aloe, Adromischus, Aeonium, Haworthia, Crassula, Echeveria, Graptopetalum, Greenovia, Kalanchoe Orostachys, Pachyphytum,  Sedum, entre outros.

Então por exemplo: O gênero  echeveria é um dos mais amados e mais populares. Elas também são conhecidas como rosas de pedra, isso porque elas possuem um formato parecido com uma rosa. Há echeverias acinzentadas, verdes, roxeadas ou peludas. Existem variações nas pétalas como, mais finas ou mais arredondadas e por ai vai.

Então agora que já sabes que há diferença entre gêneros e especieis. Vamos saber mais sobre os tipos mais queridos de suculentas.

Os mais populares tipos de suculenta para você

Planta de Jade

Suculenta Jade

A crassula ovata é comumente conhecida como planta de jade ou planta-jade. Ainda, há quem a chame de árvore da vida e árvore da amizade.

Chamam-na árvore da vida por sua longevidade. Há quem diga que a planta de jade pode viver mais de um século!

Trata-se de um dos tipos de suculenta mais versáteis. É possível ornamentar vasos de todos os tamanhos com ela. Nos maiores, ela pode crescer em todas as direções, inclusive pendendo.

Sua coloração é verde, na infância. Contudo, na maturidade, recebe um gradiente que tende ao marrom, nas extremidades. Em certas ocasiões, seu corpo pode ser tomado, também, pelo roxo.

É um tipo de suculenta portuguesa. Todavia, com sua abundância, não há qualquer restrição para o comércio e cultivo da planta de jade.

A orelha do Shrek

Suculenta Orelha de Shrek

Que nome engraçado para uma planta, não é mesmo? Shrek, caso não se lembre, é o ogro mais famoso dos cinemas. Já reparou como são suas orelhas?

Pois é: o apelido da crassula ovata gollum vem justamente daí. De seu aspecto diferente, quase engraçado. É um dos tipos de suculenta mais pitoresco.

Desenvolve-se em “canudinhos” suculentos os quais, ao final, possuem uma protuberância. Esta, ao apresentar o aspecto de ventosas, faz lembrar as orelhas do monstro de fantasia.

Suas flores nascem em pequenos cachos. A aparência delas lembra a de estrelas brancas, com salpicados de outras cores. Entre elas, rosa é mais frequente.

A orelha do Shrek é proveniente da África do Sul. Hoje, está disponível em todo o Brasil para cultivo e decoração. E pode apostar: ela se dá bastante bem com outras suculentas.

Suculenta Zebra

Suculenta Zebra - Haworthia Fasciata

A suculenta zebra — ou planta zebra — é outro dos tipos de suculenta prediletos para vasos pequenos. Sua estrutura assemelha-se à de múltiplas estrelas do mar empilhadas.

Há quem a compare com a babosa — aloe vera. Porém sua expansão é bem menor do que a dela. Seu tamanho não passa dos 20 centímetros. Excelente para interiores, não é mesmo?

Cientificamente, é chamada haworthia fasciata ou, mais recentemente, haworthiopsis fasciata. É uma suculenta original da África do Sul tida como rara no cultivo.

Porém, com sorte, você encontrará variações muito similares e com as mesmas características. Em especial, vale mencionar a haworthiopsis attenuata, apelidada de ravórtia.

Aeonium Leucoblepharum

Suculenta Aeonium

O nome parece bem complicado. Mas acontece que nunca houve um consenso sobre um apelido para a aeonium leucoblepharum.

Este é um dos tipos de suculenta advindos da África. Mais especificamente, no território que abrange a Somália ao Quênia.

Todavia ela ainda é encontrada na Etiópia, Uganda e no Iêmen. Hoje, no Brasil, é facilmente encontrada para cultivo e comercialização.

Corresponde a um dos tipos de suculentas pequenas. Seu tamanho máximo jamais excede um metro de altura.

É especialmente bela para ser criada sozinha em um vaso médio. Sua forma floral une-se ao corpo espesso e robusto para dar toda sua graça.

As cores discretas e delicadas dão um show à parte.

Sedum adolphiiSedum Adolphii

Entre os tipos de suculenta perene, temos a sedum adolphii. É comumente apelidada de sedum dourada, por sua coloração verde-limão.

Trata-se de uma das suculentas mais populares entre os cultivadores. Resistente e absurdamente longeva, o investimento vale, realmente, a pena.

E, quanto a investimento, refiro-me mais ao tempo doado do que o custo. A sedum dourada é uma suculenta bastante barata, custando em torno de R$ 10,00 a planta única.

O principal cuidado em seu cultivo é com a água. A sedum dourada depende de um solo bastante drenado para manter-se saudável.

A floração ocorre especialmente na primavera, a pleno sol. Beijada pelos raios solares, sua coloração perde o verde, ganhando a cor do ouro. Eis a razão de seu nome.

Dedinho-de-moça

Sedum Dedinho de Moça

A sedum morganianum é um dos tipos de suculentas pendentes mais belos. Popularmente, recebe os apelidos de rabo-de-burro.

É original do México e bastante comum em Honduras.

Sedum clavatum

Sedum Clavatum

A sedum clavatum, como outras, não possui, ainda, apelido. Sua principal diferença dá-se pelas rosetas, com as quais se desenvolve. Elas assemelham-se a pinhos viçosos e acinzentados.

É outro dos tipos de suculentas perenes bem comuns. Seu país de origem é o México. O valor é, também, bastante baixo. É possível encontra-la até por menos de R$ 10,00.

Dedo-de-moça

Sedum Pachychyllum

Imagine cachos de bananas invertidos. Eis a graciosa e divertida aparência da sedum pachychyllum.

Seu desenvolvimento dá-se por meio de estruturas similares a dedos. Justamente por isso a comparei aos cachos de bananas invertidos.

Disso, recebe o apelido dedo-de-moça, comum a várias espécies de sedum.

A depender da exposição ao sol, a dedo-de-moça pode desenvolver coloração distinta na ponta de seus gomos. Algumas apresentam, na extremidade, o tom magenta.

Isso dá muito beleza a este dos tipos de suculenta. Eis o motivo de tanta gente adorá-la como opção ornamental.

E então? O que achou de todos esses tipos de suculenta. Obviamente, há muitos outros tipos disponíveis. Apenas selecionamos algumas, para encantar seus olhos.

Conquistada sua curiosidade, esperamos que você visite nossas outras matérias. Prometo: vai se apaixonar por essas plantas exóticas.

Foi um prazer ter você com a gente. Esperamos que volte sempre!

Até logo, amantes de suculentas!

Conteúdo

Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *