Como fazer um jardim de cacto

Jardim de Cacto

Um jardim de cacto é uma solução lindíssima e viável para colorir ambientes. Com baixa manutenção, eis uma ideia que você precisa conhecer.

Hoje, falaremos sobre as vantagens de ter um jardim de cacto em casa. Depois, daremos algumas dicas importantes para que você tenha muito sucesso na tarefa.

Vamos juntos?

O que é um jardim de cacto

Jardim de cacto nada mais é que uma intervenção intencional que usa estas plantas. Quando se busca colorir ou naturalizar um ambiente, esse tipo de jardim tem muitas vantagens.

Imediatamente, você terá muito menos trabalho do que com um jardim comum. Cactos são plantas resistentes, que não dependem de tantas interações.

Jardim de Cacto

Até a quantidade de água empregada é menor, neles. E os resultados são lindíssimos. Já imaginou um jardim repleto de cacto com flor? De tirar o fôlego, não é mesmo?

A depender dos tipos de cactos que utilize, o jardim pode ser interno ou externo. Basta que sejam observadas as necessidades específicas de cada planta.

Isso faz-se necessário pois nem todo cacto resiste muito bem ao sol. Há tipos que dependem de meia sombra, enquanto outros necessitam luz total.

Justamente por isso é necessário planejar a localização e os cactos que comporão seu jardim. Essa é maneira mais adequada de unir beleza e durabilidade ao seu jardim de cacto.

Como fazer o seu próprio jardim de cacto

Friso, por ser muito importante, a necessidade de planejamento. E a primeira coisa a se pensar é onde posicioná-lo.

Imediatamente, a ideia de um jardim de cacto externo torna-se mais atraente. Afinal, é possível diversificar mais e adotar medidas de proteção das plantas.

Imagine possuir uma quantidade de cactos de sol pleno. A eles, acrescentar outros, de meia sombra. Toldos, telhados ou outros bloqueios solares podem ser a solução perfeita.

Contudo, num jardim de cacto interno, tudo pode ser diferente. Afinal, iluminação artificial não é suficiente. Cactos de pleno sol não se alimentam puramente de sol.

Eles necessitam contato direto com os raios solares. Nestes casos, para montar o jardim de cacto num jardim de inverso, talvez espelhos e claraboias sejam imprescindíveis.

Além do planejamento de localização, incidência solar e espécies, vejamos outros aspectos. Separadamente, traremos as principais considerações gerais sobre esse tipo de jardim.

Preparando o solo

Um jardim de cacto precisa de um solo específico. Nada extremamente arenoso e pobre de minerais, porém fuja de terras escuras com muito material orgânico.

Ocorre que cactos são plantas desenvolvidas para condições extremas. Assim, uma terra muito “poluída” de orgânicos pode adoecê-lo, levando ao apodrecimento e, por fim, morte.

Além disso, o solo do jardim de cacto deve possuir um sistema próprio de drenagem. Mas não se preocupe: nada muito custoso faz-se necessário.

Para evitar a inundação ou excesso de água, pedras podem ajudar. No fundamento do seu jardim, fabrique uma camada de, pelo menos 30cm de pedras.

Prefira pedra de tamanho menor que uma palma. É importante que elas possuam espaços consideráveis entre si. Não as deixe formar uma estrutura sólida.

O objetivo desse espaçamento é facilitar o escoamento da água par o subsolo. Desse modo, o jardim de cacto permanece hidratado apenas o suficiente para o armazenamento de água dos cactos.

Sobre a camada de pedra, terra adubada deve ser misturada a areia. Preferencialmente, utilize areia lavada. Sob nenhuma circunstância, utilize areia de praias. O sódio será letal para as plantas.

Posicionando as plantas no jardim de cacto

Antes de tudo, você precisa aprender a retirar muda de cacto. Assim, poderá poupar investimento ao fazer seu jardim.

Porém, se prefere poupar-se do trabalho, pode conseguir plantas desenvolvidas e enraizadas em sementeiras. Nestes casos, você já terá o jardim de cacto nas proporções finais.

O posicionamento das plantas deve respeitar a incidência de sol. Coloque as plantas mais resistentes, como cereus, onde o sol bate por mais tempo.

Os cactos mais delicados precisam ter mais acesso a sombra e água. Essa distribuição garantirá saúde do jardim de cacto unida à beleza da diversidade.

E lembre-se de manter distâncias saudáveis entre os cactos. Aglomerados excessivos poderão atrapalhar o acesso ao sol, trazendo consequências negativas.

Quanto a futuras podas, evite-as ao máximo. A cicatriz de uma amputação precisa secar o mais rápido possível. Em tempos chuvosos ou úmidos, a planta pode adoecer e morrer.

Assim, sendo inadiável, faça a poda em tempos secos, de estiagem. 

Manutenção do jardim

Mais que eventuais podas, o jardim de cacto precisa passar por manutenção esporádica. Eis a grande vantagem do jardim de cacto sobre outras alternativas.

Temos, assim, a rega e a adubação como atividades a se fazer. Porém não se preocupe: a frequência é baixíssima. Inclusive, esta frequência baixa garante a saúde das plantas.

Quanto à adubação, ela deve ocorrer poucas vezes ao ano. Três ou quatro, em situações normais, já estão de bom tamanho. Prefira sempre compostos naturais, nesta tarefa.

Já falando sobre a rega, é preciso acompanhar de perto o solo. A rega deve ocorrer apenas quando já estiver seco.

Lembre-se: cactos guardam água em seus tecidos. Eles não precisam que o solo esteja sempre molhado. Pelo contrário! Solo molhado favorece parasitas e doenças, nas plantas.

Assim, em jardim externos, não rege mais do que duas vezes ao mês. Em períodos chuvosos, ignore a necessidade. Não hidrate novamente o solo a menos que seque.

Jardins internos, a depender da escoação, podem ser regados uma vez ao mês. Mas acompanhe a situação específica do seu, tudo dependerá das especieis escolhidas e do ambiente. Não há regras fixas.

Clima diferente em sua cidade, por exemplo, pode favorecer menor evaporação. Assim, os períodos de rega podem ser, até, mais espaçados.

Seguindo essas boas práticas e tratando suas plantas com carinho, tenho certeza: seu jardim será lindíssimo, exótico e saudável. No fim, de cair de inveja!

Se tiver qualquer dúvida, basta falar com a gente nos comentários. E, se possui sementeiros de confiança, conte, também, com eles.

Foi um prazer ter você por aqui. Boa sorte com seus cactos e até mais!

Conteúdo

Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *