Pragas em Suculentas – Como Eliminar

Olá! Sua suculentas está morrendo por causa do ataque de pragas? Então continue lendo vou compartilhar com você minha experiência.

Bom, sinceramente vou lhe dizer que para salvar sua planta principalmente da famosa cochonilha é preciso muita dedicação e paciência, mas digo que sim, é possível recuperar sua suculenta!

Entre as principais pragas que atacam suculentas estão: pulgão, fungos e a mais recorrente, a cochonilha.

O ataque dessas pragas pode acabar com sua suculenta em poucos dias, por isso fique atento monitore diariamente e não ignore os menores sinais, porque, o quanto antes você intervir mais chances de recuperação terá.

O que importante observar? Atente ao surgimento de manchinhas brancas ou escuras nos caules e nas folhas, perda do brilho e se estão murchando sem motivos comuns como falta ou excesso de água.

Acabando com os pulgões em suculentas

O pulgão é mais conhecido popularmente, e por isso mais fácil identificar. Se multiplica rápido e existem diferentes espécies em diversas cores.

Geralmente aparecem nas brotações novas ou embaixo das folhas, suas características podem são parecidas com as da cochonilha, porém além de sugar a seiva das suas plantas também contamina-las plantas com toxinas e vírus podendo causando sérios danos a elas. 

Os principais sintomas do ataque de pulgões são enrugamento e amarelamento das folhas e brotos novos.

Outro sinal é uma secreção pegajosa, melosa que os pulgões eliminam nos caules e folhas atraindo fungos, que encobertam as planta prejudicando a execução da fotossíntese. A planta enfraquece até a morte.

Para combater o pulgão antes de tudo, você deve fazer uma limpeza na planta com o auxílio de um cotonete retirar todos os pulgões visíveis, se julgar necessário até descarte algumas folhas.

Após essa limpeza é bom aplicar algum produto para eliminar os resíduos deixados pelos insetos, matar os pulgões que não foram retirados com o cotonete e evitar que tenha novas infestações.

Tem sido muito utilizado o ”Oleo de Neem”, você encontra nas lojas do ramo pronto para ser usado ou concentrado que no ultimo caso deve ser diluído seguido às recomendações da embalagem.

Há também muitas receitas caseiras, lembrando que tanto para os produtos industrializados, quanto as receitas caseiras, você nunca deve aplicar nos períodos mais quentes do dia.

O ideal é fazer as aplicações no inicio da manhã ou ao final da tarde tomando o cuidado de não deixá-la exposta ao sol após a aplicação por uns 2 dias, evitando assim que as folhas de sua “suculinda” se queime.

Receita caseira para eliminar pulgões

  • ½ sabão em barra, ralado.
  • 10 cm de fumo de rolo, ralado.
  •  1 litro de água

Junte esses ingredientes, misture bastante macerando o fumo e o sabão bem para possa se diluir com mais facilidade.

Feito isso deixe descansando por 24 horas, passado esse tempo está pronto para ser usado. Coloque em um vidro borrifador e aplique na sua planta.

Acabando com Cochonilha em suculentas

Cochonilhas são pequenos insetos parasitas que se instalam nas plantas e sugam toda vitalidade delas até a morte. Existe uma variedade deles as que mais atacam suculentas são as cochonilhas com carapaças e cochonilha sem carapaça.  

Embed from Getty Images

São como pontinhos claros ou escuros grudados na folha ou no caule. Os sintomas nas suculentas são folhas sem brilho, enrugadas e amareladas. Geralmente são mais recorrentes no verão

Cochonilha com Carapaça

Essas espécies grudam nas folhas ou caule das suculentas elas tentam se camuflar, elas se protegem com uma pequena camada de cera formando algo parecido com um escudo no formato de escamas ovais nas cores marrons ou brancas.

Nesse caso é mais difícil de tratar, pois a carapaça impede que o produto chegue até elas.

O primeiro passo também é uma boa e cuidadosa limpeza manual, se for possível descarte as partes mais afetadas e passe um mistura de óleo mineral e sabão utilizando um cotonete.

Faça isso nos momentos mais frescos do dia e não as exponha ao sol por uns dois dias.

Cochonilhas sem carapaças

As cochonilhas sem carapaças são mais fáceis de identificar, elas são como uns floquinhos de algodão que se aglomeram em baixo nas folhas ou no caule bem próximo das folhas.

Praga suculentas cochonilha

Bom, eu disse “floquinhos de algodão” mas, esses insetos não são nada fofinhos, estão mais para monstrinhos que vão sugando a vida da sua planta até a morte.

Para se livrar dessas criaturas indesejáveis uma das alternativas faça uma boa limpeza com cotonete retirando todo pontinho branco visível.

Feito isso passe um cotonete embebido em álcool e após lave sua planta com sabão neutro enxague bem e seque delicadamente com papel toalha de cozinha. Replante sua suculenta em um vaso novo em um substrato novo, não há deixe no sol durante o tratamento.

Salvando sua suculenta dos Fungos

São micros seres vivos que se propagam por meio do vento, insetos, água entre outros. Às vezes de difícil identificação e em muitos casos atacam as raízes das suculentas.

Então esteja atento. Sua suculenta está em sol adequado a sua espécie? A quantidade de água está adequada? E o substrato está ok? Se a resposta foi sim a cada pergunta e sua plantinha ainda está sem vida, molenga ou não está desenvolvendo?

Se não tiver nada aparente nas folhas, nesse caso é bom dar uma olhada nas raízes se estiver esbranquiçada, como se estivesse cheia de pozinho branco pode ser algum tipo de fungo.

Retire sua planta do vaso, então lave cuidadosamente sua planta com detergente neutro seque delicadamente com papel toalha. Borrife ou passe com a ajuda de um cotonete uma mistura de água e vinagre, sendo a medida meio a meio.

Então providencie um novo vaso com novo substrato para sua suculenta e replante. Não faça isso nos momentos mais quentes do dia e não a deixe exposta ao sol durante o tratamento.

Uma outra dica, é utilizar o chá de camomila para acabar com estas indesejáveis criaturas. O chá deve ser feito normalmente e sem açúcar é claro, deve ser coado e deve deixar curtido por três dias antes da aplicação. Feito isso coloque no vidro borrifador e aplique nas partes afetadas.

Boa sorte e vida longa as suas suculentas!

Gostou das dicas? Curta, comente e compartilhe!

Leave A Reply

Navigate