Dicas para montar um arranjo de suculenta incrível

Arranjo de Suculenta

Colorir e revitalizar ambientes é um sonho fácil, quando se pensa em um arranjo de suculenta. Seguindo essas dicas é possível deixar seu espaço com charme e requinte sem gastar muito.

Em casa, no apartamento ou escritório, um arranjo de suculenta pode mudar os ares. Com sua aparência instigante, misteriosa e exótica, suculentas encantam todos os olhares.

Hoje, vamos apresentar tudo que você precisa antes de montar seu arranjo. Ao final, você saberá exatamente o que fazer, o que não fazer e como acertas.

Assim, seu arranjo de suculenta ficará belíssimo e será longevo. Você me acompanha? Fiquei imensamente grato com isso.

O conceito de arranjo de suculenta

Suculentas podem ser criadas de várias formas. Temos suculenta em vaso, terrário, mini jardim de suculenta, jardim de cacto. As opções são incontáveis.

Hoje, especificamente, falaremos sobre o arranjo de suculenta. Mas o que é? E qual a diferença para o mini jardim de suculenta?

Bom, a resposta é simples: um arranjo de suculenta tem o exato mesmo preparo dos demais. A diferença repousa em sua finalidade: ornamentação, única e exclusivamente.

E, sim: o terrário também busca ornamentar. Mas funciona em outro tipo de recipientes, tornando-se um jardim autossustentável.

Já o mini jardim busca, enquanto ornamenta, servir para o cultivo das plantas. Dele, é possível retirar mudas de suculenta para propagação.

O arranjo de suculenta, por sua vez, não possui tantas preocupações. E nem conta com outros enfeites, como estátuas, pedras, troncos e composições. Apenas suculentas.

No caso, as plantas vão adultas, já plenamente desenvolvidas e mais aglomeradas.

O objetivo principal é não dar acesso ao visual ao solo. Por isso, todos os espaços são preenchidos pelos mais diversos tipos de suculenta e suas cores.

O que você precisa saber sobre o arranjo de suculenta

Arranjo de Suculenta

Mesmo que você tome todos os cuidados, ao montar o arranjo de suculenta ele se manterá mais podre de nutrientes e de hidratação.

É importante considerar que: o arranjo de suculenta talvez não dure pra sempre. Com menos condições de perenidade, a planta pode precisar de férias.

Sendo assim, pela saúde das plantas, de tempos em tempos teremos que o desmonta-lo e plantar as suculentas em um ambiente apropriado para que ela se recupere. Posteriormente você pode fazer outro arranjo.

Tendo dito isso, vamos falar da beleza e praticidade dos Arranjos de suculentas.

As suculentas são as plantinhas do momento, além de lindas são diversificadas e práticas. Então, um arranjo de suculenta pode ser uma ótima opção para presente.

Isso mesmo, você pode fazer para presentear seus amigos e parentes e com toda certeza será um sucesso.

Agora se você gosta mesmo de mexer com suculentas, você pode até faturar uma renda extra com isso. Ou seja, você pode montar seu próprio negocio de venda de arranjo de suculentas online ou até mesmo presencial participando de feiras e eventos.

Nesse caso, recomendo que você estude sobre o assunto, para que você saia na frente da concorrência.

Conheço um curso online que foca somente nesse tema. Esse curso além de ensinar vários truques para montagem dos arranjos, ainda de bônus tem uma aula mostrando como vender o seu produto.

Então caso você se interesse: Clique aqui e veja todos os detalhes

Bom, agora vamos as nossas dicas

A escolha do recipiente para o arranjo

Diferentemente de outras situações, não há muito critério para o recipiente do arranjo de suculenta.

Antes, sempre dissemos, categoricamente, que se utilizasse vaso de barro e com furos. Hoje, no entanto, o conselho não permanece.

O arranjo pode ser feito em qualquer recipiente. Entre eles:

  • Cachepots: invólucros externos para vasos, feitos nos mais diversos materiais;
  • Xícaras e canecas: mesmo de feitas de aço ou cerâmica pintada;
  • Cuias, cumbucas e aribés: e chamo de aribé as tigelas de barro trazidas da África, durante os séculos XVI a XIX;
  • Caixas de madeira: sim, ainda que o substrato possa extravasar;
  • Quaisquer outros recipientes, independentemente do material e da estrutura.

O conselho é: escolha o recipiente que melhor se adeque à composição de seu arranjo. Ele deve ser lindo e perfeitamente conforme a escolha de plantas.

Preparando o recipiente

Um arranjo de suculenta deve ser composto exatamente do mesmo modo que um vaso para suculenta. Pedras, bidim, substrato para suculenta etc.

Lendo as matérias de apoio, você compreenderá exatamente como fazê-lo. Porém, aqui, temos alguns pontos de atenção.

O primeiro diz respeito ao solo nutritivo. Mais especificamente, à terra do substrato.

Em todos os casos, falamos de terra escura, húmus e recebendo adubo seco. Porém, no arranjo de suculenta, ele precisa ser mais pobre.

Isso ocorre porque, no arranjo de suculenta, não necessariamente há drenagem. Em ambientes sem furos, a água empossará entre as pedras.

O calor fará com que a água evapore, reidratando o solo. Desse modo, não precisamos que haja rega ou muitos nutrientes. Prefira um solo mais seco e arenoso.

Harmonizando o arranjo de suculenta

O arranjo de suculenta já está montado num recipiente decorado. Agora, cabe harmonizar as plantas dentro dele.

Para isso, utilizaremos plantas adultas, já plenamente desenvolvidas e dimensionadas à nossa escolha.

Sim, porque precisaremos saber exatamente qual espaço ocuparão. Não queremos amontoá-las nem deixar espaços vagos.

Tendo as plantas, planejaremos sua posição. O ideal é que cores diferentes façam fronteira. Quanto mais diverso o arranjo de suculenta, melhor e mais bonito.

Agora, é de extrema importância na hora de escolher as mudas observar quais são suas características.

Por exemplo: Se você quer colocar esse arranjo na sombra, você deve escolher suculentas que se adaptam á sombra.

Se misturarmos em um mesmo arranjo, suculentas de sol e de sombra não dará certo.

Após a montagem, tire uma foto e compartilhe conosco. Será um prazer imenso ver seu trabalho na prática.

E, se gostou, mantenha atenção em nossas outras matérias. Do universo das suculentas, trazemos as melhores e mais quentes dicas de como cuidar dessas lindas plantas.

Foi um prazer ter você conosco. Esteja sempre por aqui, combinado?

Até logo!

Conteúdo

Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *